Tentar capturar a essência de uma festa e de pessoas de forma espontânea virou meu vício, minha adrenalina de todo final de semana.

Neste processo de criação está um pouco de tudo que já vi, li, reli, estudei, vivi... por isso acredito que estar em sintonia total com meus fotografados é fundamental não só para uma boa relação, como também para o resultado final do meu trabalho. Precisamos “nos escolher”.

Costumo dizer que faço fotos boas, mas quem as torna INCRÍVEIS são os noivos.  São vocês que vão sorrir, chorar, abraçar, beijar, se divertir... Isso sim me dá imagens incríveis!